a H1N1: Vacinas estão chegando em Pernambuco. | Blog Coisa Nossa

O BLOG DA TERRA DA ROMARIA! São Joaquim do Monte-PE-

H1N1: Vacinas estão chegando em Pernambuco.


O medo provocado pelo surto de H1N1 em São Paulo e a confirmação de casos em Pernambuco levou ao esgotamento de vacinas de gripe na rede privada pernambucana. Uma clínica de vacinação particular do Recife imunizou, só na quarta-feira, mais de cinco vezes o estimado. Ontem havia fila de espera com mais de duas mil pessoas. As vacinas devem chegar em 7 de abril. Também na próxima semana, a Secretaria Estadual de Saúde receberá a primeira remessa do Ministério da Saúde para destinar aos municípios, com 24% do total necessário para os grupos de risco. Autoridades de saúde ressaltam que não há motivo para pânico.

Pernambuco tem 13 casos confirmados e dois óbitos em investigação por síndrome respiratória aguda grave, o que inclui H1N1. Na quarta-feira, foram imunizadas cerca de 300 pessoas em cada uma das seis filiais da Vaccine. A média anterior diária era de 50 a 80 pessoas. A unidade começou a fazer filas de espera. A vacina tetravalente custa R$ 110 e há desconto para grupos a partir de 50 pessoas.

À empresa, o fornecedor informou que a prioridade da distribuição é São Paulo. O mesmo foi dito à Cidrim Vacinas, onde formou-se a fila por duas mil doses. O local havia recebido, no começo da semana, um lote para durar até o fim de abril ou início de maio, mas foi surpreendido pela demanda. Em um mesmo dia, 500 vacinados. Foram solicitadas mais de cinco mil doses, com previsão de chegada para quinta-feira. “A procura tem sido tão grande que estamos agendando grupos e pedindo para as pessoas virem antes para realizar os cadastros. Tínhamos quatro funcionários, contratamos mais três e precisaremos contratar mais três ou quatro”, disse o gerente do Cidrim Vacinas, Ludovico Freitas.

A contadora Juliana Sarubbo, 40, chegou a passar mais de uma hora e meia esperando, na última quarta-feira, e não conseguiu vacinar as filhas de 7 e 9 anos. Ela mobilizou mães de colegas de classe das crianças e juntou mais de 100 pessoas em um grupo para obter desconto. “Achei que seria difícil juntar 40 pessoas, mas rapidamente passou de 90”, ressaltou.

A preconização do Ministério da Saúde é de vacinar 80% da população inserida no grupo de risco para gripe. Pernambuco atingiu a meta nos últimos quatro anos, mas em 2014 houve redução do percentual. Foram 92,28% em 2014 contra 84,56% em 2015. Quase 300 mil pessoas não se imunizaram.

O lote será dividido em quatro remessas, sendo a primeira com cerca de 24% do total. As remessas chegarão semanalmente e serão distribuídas igualitariamente aos municípios, de acordo com a proporção de população dentro do grupo prioritário, composto por crianças menores de dois anos, idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas. O dia exato que a substância estará disponível nos postos, porém, ainda não foi definido. Irá depender da data de chegada e da logística de transporte e armazenamento.

Na segunda-feira, será realizada uma reunião de mobilização com representantes municipais. “Não estamos em surto, mas é um momento de alerta e sensibilização. É importante vacinar, mas não precisar entrar em pânico. Ao vacinar a população mais vulnerável, estamos quebrando a cadeia de transmissão do vírus”, frisou a coordenadora do programa de Imunizações dos Estado, Ana Catarina Melo.

Central de Jornalismo Blog Coisa Nossa.
Fonte e Texto: Diario de Pernambuco.
Publicar no Google Plus

O Blog Coisa Nossa Pernambuco

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: