ELEIÇÕES 2020: Em reta final de campanha eleitoral, candidato pelo PSDB é investigado por receber auxilio emergencial

A política segue quente em São Joaquim do Monte, na noite de ontem a candidata da oposição, Dona Gal (PSB), denunciou o candidato Eduardo Lins (PSDB) por ter recebido o auxilio Emergencial do Governo Federal. 




 Os últimos dias da corrida eleitoral em São Joaquim do Monte, devem ser ainda mais emocionantes. Na noite da ultima segunda-feira (09), o candidato a prefeito, pelo PSDB, Eduardo Lins (Duguinha), foi denunciado na Policia Federal por ter se inscrito e recebido valores do Auxilio Emergencial, que foi distribuído pelo Governo Federal, durante a pandemia e deveria ser um valor para ajudar famílias que não podiam se sustentar no período da quarentena. 

 A noticia foi pauta de diversos blogs do Estado de Pernambuco, e chamou atenção dos moradores. De acordo com o processo o empresário e candidato, Duguinha, recebeu 4 parcelas do auxilio emergencial nos meses de Abril, Maio, Julho e Agosto de 2020, todas no valor de R$ 600,00(seiscentos reais), creditadas em sua conta corrente. Consta também no portal, que, na data após seu partido decidir seu nome como pré-candidato à Prefeito do município, a devolução à União dos valores recebidos criminalmente. Após devolução, a quinta parcela foi bloqueada pelo Governo Federal, que seria recebida, segundo o portal, em 25/08/2020.




 De acordo com o advogado Luis Gallindo, é moralmente absurdo o fato de um empresário, proprietário de uma Distribuidora de Bebidas e outros empreendimentos na área financeira e de entretenimento no município solicitar um auxílio emergencial, cuja finalidade é atender pessoas em situação de vulnerabilidade por conta da Pandemia da Covid 19. “Vamos dar entrada hoje na Polícia Federal numa ação penal comum, de Notícia Crime, para apurar crime de estelionato e de falsidade ideológica." Ressaltou o Advogado.



Blog Coisa Nossa Pernambuco
Por: Antônio Oliveira

Postar um comentário

0 Comentários