O BLOG DA TERRA DA ROMARIA! São Joaquim do Monte-PE-

300 ANOS DE FÉ: Os mantos da Mãe Aparecida

Ao longo da história da Padroeira do Brasil a pequenina Imagem sempre foi alvo de muitos estudos e pesquisas. Entre esses registros um é bastante peculiar: os mantos que cobriram a Imagem ao longo dos últimos trezentos anos.



O inventário dos bens e alfaias sagradas do Santuário, com data de 5 de janeiro de 1750, cita um desses mantos utilizados pela Imagem de Aparecida: “Um manto de carmesim com ramos de ouro aplicados no mesmo, doado por Francisco Soares Bernardes da cidade de Mariana, Minas Gerais” A Imagem usou vários cordões de ouro. Em 1770, aparece uma citação sobre estes ornamentos. Nessa época, os registros indicam que os cordões que existiam foram vendidos para ajudar na reforma da capela. Desses adereços apenas alguns podem ser encontrados no acervo do Museu Nossa Senhora Aparecida e mesmo na Reserva Técnica do Santuário Nacional, onde os objetos históricos ficam armazenados quando não estão em exposição. Localizados na Torre Brasília, no Santuário Nacional, esses lugares guardam inúmeras preciosidades para que a história possa ser preservada e continue a ser transmitida às demais gerações.



Dos mantos utilizados na Imagem da Padroeira do Brasil ao longo de sua história, existem algumas informações e poucos foram armazenados. Dos encontrados, os dois são relacionados à cerimônia de Coroação de Nossa Senhora Aparecida, em 1904.  O primeiro está em exposição no Museu junto com uma réplica da coroa doada pela Princesa Isabel, em 1868. O segundo manto devido ao seu estado de deterioração está armazenado na Reserva Técnica. O manto que na época era de cor azul anil hoje pouco guarda dessa tonalidade. O primeiro que está em exposição no Museu ainda guarda tonalidades vivas e ornamentos bastante preservados. 

Peritos constataram que a Imagem primitiva era originalmente policromada, tinha a pele do rosto e das mãos brancas, um manto de cor azul escuro e o forro vermelho granada. Estas eram as cores oficiais, conforme determinação de Dom João IV, de 25 de março de 1646, quando tornou a Santa Virgem, sob a invocação da Imaculada Conceição, Padroeira do Reino de Portugal e seus domínios. Ao longo dos anos, foi adicionado um sobremanto em forma triangular e uma coroa, o que permanece até os tempos atuais.  O manto que cobre a Imagem de Nossa Senhora Aparecida na atualidade tem aproximadamente quatro anos. Foi confeccionado por uma família aparecidense. Nele, estão destacadas as bandeiras do Brasil e do Vaticano, identificando assim a unidade da Igreja com o Papa.



Ao longo dos últimos quase três séculos o manto da Padroeira do Brasil sempre quis representar a realeza de Maria, enquanto Mãe do Redentor da Humanidade. Ao longo da história, muitos foram os mantos que cobriram a Imagem da Padroeira, mas um em especial remete ao seu achado em 1717: as mãos de Filipe Pedroso. Ele foi um dos pescadores presentes no milagre nas águas do rio Paraíba. Ele mesmo com suas mãos moldou a pequenina Imagem com cera de abelha e assim foi o primeiro a venerar a Rainha e Padroeira do Brasil.

O manto que cobre a Imagem de Nossa Senhora Aparecida na atualidade tem aproximadamente quatro anos. Foi confeccionado por uma família aparecidense. Nele, estão destacadas as bandeiras do Brasil e do Vaticano, identificando assim a unidade da Igreja com o Papa.

Ao longo dos últimos quase três séculos o manto da Padroeira do Brasil sempre quis representar a realeza de Maria, enquanto Mãe do Redentor da Humanidade. Ao longo da história, muitos foram os mantos que cobriram a Imagem da Padroeira, mas um em especial remete ao seu achado em 1717: as mãos de Filipe Pedroso. Ele foi um dos pescadores presentes no milagre nas águas do rio Paraíba. Ele mesmo com suas mãos moldou a pequenina Imagem com cera de abelha e assim foi o primeiro a venerar a Rainha e Padroeira do Brasil. Desde 2010 as Irmãs Carmelitas bordam os mantos que são colocados na Imagem que fica no Altar Central durante a Novena e Solenidade. Esses mantos estão todos guardados na Reserva Técnica para registrar também essa outra história dos mantos. Veja nas fotos, os mantos de cada ano desde 2010. 


Blog Coisa Nossa Pernambuco
Informações colhidas do Portal A12 da TV Aparecida.
Especial 300 anos no Coração do Brasil - BCN Especial 2017.
Publicar no Google Plus

O Blog Coisa Nossa Pernambuco

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: