a SALA DE LEITURA: Aquela vida se perdeu | Blog Coisa Nossa

O BLOG DA TERRA DA ROMARIA! São Joaquim do Monte-PE-

SALA DE LEITURA: Aquela vida se perdeu

Uma tarde de sol intenso. Aquele sábado de outros tempos. Lembro que as pessoas desaceleravam...verdade. Esse dia se tornava uma grande tomada de fôlego, um afago esperado, a gota que cai numa terra ressequida. A casa branca da fazenda recebia na fachada o dourado esplendor do sol. O branco intenso, caiado com esmero, era qual espelho a ofuscar os desavisados.

Uma residência de fazenda e em torno a paz brejeira. Ao longe um rádio tocava qualquer coisa. O gado mugia, a caminhar serenamente rumo a um regaço. E aquele bom senhor, saia de uma casinha simples e descia à cacimba. Com passos lentos, pisava os grãos de terra batida, a rota de vários moradores que continuadamente buscavam o precioso líquido. Era sábado. O cheiro dos preparativos impregnavam a atmosfera. Bolo sendo assado no forno, compotas de doces diversos a esfriar nas janelas. Esperava-se sempre visita, bem vinda no vindouro domingo.

O tempo foi passando. O senhor que carregava água faleceu. Já não se deposita doces nas janelas pois essas estão gradeadas por força da violência. A maioria dos moradores foi morar da cidade com medo. O rádio foi trocado por um smartphone. A poluição engoliu o regaço, hoje podre e sem qualquer sombra de vida. Não há mais aromas de sábados, apenas o cheiro vil de fumaça e poluição. Os domingos são longes lembranças dos tempos passados.

De tão modernos perdemos a essência. A violência nos privou das calçadas, sítios e fazendas. Somos leitores do medo, escravizados pelo avanço desumano. Quem dera experimentar o antigamente, atualizando-o para o hoje. Quem dera que hoje fosse o ontem, em que havia mais vida, mais amores, mais poesia...


José Batista Neto
Publicar no Google Plus

O Blog Coisa Nossa Pernambuco

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: