O BLOG DA TERRA DA ROMARIA! São Joaquim do Monte-PE-

ESPECIAL: Por sede Joaquim Glorioso Padroeiro desta Terra.

Conheça a história do padroeiro São Joaquim. Avô de Jesus Cristo e pai da Virgem Maria.


São Joaquim, padroeiro da Terra da Romaria | Foto: Antônio Oliveira.


  São Joaquim foi casado com Santa Ana e juntos tiveram uma filha chamada Maria. Mas não era uma Maria qualquer, a Maria de que falamos é hoje conhecida como Nossa Senhora. Sim Joaquim e Ana eram pais da jovem escolhida para ser mãe do Filho de Deus. Logo ao falar de São Joaquim falamos do avô de Jesus e esse é o Padroeiro de São Joaquim do Monte, um homem escolhido por Deus para ser pai da Mãe do próprio Deus. Vamos Conhecer mais sobre São Joaquim e sobre a devoção a ele em nossa cidade?

A História de Joaquim e Ana.


Ícone de São Joaquim e Santa Ana.

Joaquim era um homem muito rico, que cumpria suas obrigações no templo com muita generosidade. Porém, chagado o Dia do Senhor, quando todos os filhos de Israel levam duas oferendas ao templo, Joaquim foi impedido de participar por não ter filhos. Não gerar descendência para Israel era considerado fator de desconfiança, como um castigo de Deus por pecados não revelados. Sentindo-se injustiçado e sem dizer à sua mulher, foi para o deserto, e ali montou tenda, onde jejuou por 40 dias e 40 noites, esperando uma manifestação de Deus.

Enquanto isso, Ana, sua mulher, chorava e lamentava sua viuvez e sua esterilidade. No Dia do Senhor não se sentiu digna de participar das orações. Sentou-se no jardim, debaixo de um louro e ali orou fervorosamente. Em sua aflição comparou-se aos pássaros do céu, às feras, à águia e à própria terra. Todos eram fecundos perante ao Senhor, menos ela. Então um Anjo do Senhor apareceu e disse-lhe: “Ana, o Senhor escutou as tuas preces, conceberás e darás à luz uma filha e falar-se-á de tua primogênita por toda a Terra”. Ao que Ana respondeu: “Por mim Senhor, se dou à luz seja um filho ou uma filha, oferecerei ao Senhor e será seu servo todos os dias de sua vida”.

Também a Joaquim, no deserto, um Anjo do Senhor se revelou anunciando que Ana conceberá uma filha. Joaquim reuniu seu rebanho, separou parte deste para se oferecido a Deus, aos sacerdotes e ao povo, i dirigiu-se à cidade. Joaquim e Ana encontraram-se na entrada da cidade na Porta Dourada, pois Ana havia sido avisada, pelo Anjo, do retorno do marido. Cheia de alegria ela exclamou: “Agora sei que o Senhor Deus me encheu de bênçãos, pois era viúva e já não sou mais não tinha filhos e vou conceber em minha entranhas”. E, após nove meses deu à luz uma filha, à qual chamou de Maria.E tudo aconteceu em graça plena!

- Fragmento retirado do Livro: Mãe. A História de Maria.


O Dia de São Joaquim.

Sua festa era celebrada originalmente no dia 20 de março, associada à de São José, tendo sido depois transferida para o dia 16 de agosto, para associar-lhe ao triunfo da filha na celebração da Assunção, no dia precedente. Em 1879, o papa Leão XIII, cujo nome de batismo era Gioacchino (versão italiana de Joaquim), estendeu sua festa a toda Igreja. Finalmente, o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Maria Santíssima.

A devoção ao Padroeiro.



Imagem de São Joaquim em procissão em 2016 | Foto: Antônio Oliveira.


 No Brasil a devoção a São Joaquim não é muito grande, ao contrario da devoção a Santa Ana que possui varias igrejas em sua homenagem, Em Pernambuco apenas São Joaquim do Monte tem o santo como padroeiro e por isso coube a cidade a evangelizar e contar a todos a história do seu padroeiro.

 Mesmo com a pouca devoção no Brasil, em São Joaquim do Monte o santo é amplamente respeitado e homenageado, os fieis se orgulham em te-lo como padroeiro. São Joaquim é homenageado duas vezes ao ano, a primeira durante os festejos de Santos Reis com procissões e missas e também em Julho mês do santo avô de Cristo.

 Na Matriz, a imagem única de São Joaquim é uma relíquia histórica, quase nunca sai em procissão ou do seu lugar de honra no alto do altar. No ano de 2016 no centenário da Festa  de Reis a imagem saiu da Matriz em procissão pelas ruas da cidade. Este ano a procissão deve seguir o mesmo modelo do ano passado, mas a imagem de Nossa Senhora Aparecida deve se fazer presente, visto que em 2017 completam-se 300 anos da aparição da santa.

Imagem de São Joaquim tem lugar de honra na Matriz | Foto: Antônio Oliveira



Blog Coisa Nossa Pernambuco Texto por: Fotos por: Com informações
Publicar no Google Plus

O Blog Coisa Nossa Pernambuco

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: