a [TEC] Como saber se seu computador foi hackeado e o que fazer | Blog Coisa Nossa

O BLOG DA TERRA DA ROMARIA! São Joaquim do Monte-PE-

[TEC] Como saber se seu computador foi hackeado e o que fazer

Prudência pode garantir uma navegação segura. Divulgação / Internet 
Seu computador pode ser uma espécie de cofre: estão guardadas nele informações valiosas, como senhas e dados de contas bancárias, fotos, vídeos. No entanto é como se este cofre não fosse totalmente seguro, pois está sujeito a ataque de hackers.

No mundo, grandes ataques são deferidos, mas nem todos essas ações são óbvias: senhas e outros componentes confidenciais são roubadas silenciosamente e compartilhadas. Muitas vezes, quando se percebe, o estrago já foi feito. 

Ataques silenciosos

Jim Wheeler, diretor de ciberoperações da Protection Group International (PGI), uma companhia de segurança com sede na Grã-Bretanha, explicou que qualquer computador ou conta digital pode ser hackeada. O problema é que os usuários domésticos e empresas muitas vezes não sabem que estão sendo atacados.
"Em 60% dos casos, as vítimas só ficam sabendo depois e por meio de uma terceira pessoa (a quem transmitiram o vírus) ou por uma instituição (como o banco)", disse Wheeler.
Segundo o especialista, em alguns casos, os usuários só percebem quando tentam acessar uma conta e não conseguem ou quando o computador fica mais lento. Geralmente, é difícil notar.

Mudança de senhas

O erro mais comum é usar a mesma senha (que muitas vezes já não é muito segura) em vários sites. E os hackers se aproveitam disso. Mas existe uma forma de conter os danos até depois de um ataque: mude a senha imediatamente.

Sem riscos desnecessários

"Entre outras medidas importantes, está usar sistemas de verificação de identidade em duas etapas e manter seu sistema atualizado (o computador e o navegador)", alertou Wheeler.
"É preciso utilizar sempre programas com licenças originais adquiridos e baixados de páginas oficiais, de fontes de confiança", acrescentou Chifla.
De acordo com o especialista, também é melhor "evitar abrir emails estranhos e não clicar em links e páginas desconhecidas".
"Normalmente, percebemos que fomos hackeados porque nossos contatos recebem algum email estranho de nossa caixa de emails. Outro sinal clássico é quando o rendimento de nosso computador cai ou páginas de publicidade começam a abrir de forma aleatória."
"Um grande perigo é que nosso aparelho seja usado sem nosso conhecimento para cometer crimes."

Os sinais

Segundo a Associação Nacional de Cibersegurança e Perícia Tecnológica (ANCITE) em Madri, na Espanha, um dos principais sianis de alerta é o comportamento diferente do computador, com programas que param de funcionar, arquivos com conteúdo trocado, flutuações repentinas na conexão com a internet ou erros ao acessar um serviço com sua senha.
Outro é o aparecimento de barras de ferramentas adicionais no seu navegador (pode ser um software malicioso).
Fique atento caso janelas de publicidade apareçam com frequência enquanto você navega. Ou se o programa antivírus ou antimalware para de funcionar ou parece ter sido desabilitado.
Quando alguns de seus contatos recebem emails falsos ou com publicidade vindos de sua conta, também é um sinal de falha na segurança.
E, quando você nota que aumentou o consumo de dados no seu plano de internet no celular, tome cuidado: pode ser malware.

O que fazer?

A ANCITE recomenda que os usuários façam periodicamente cópias de segurança de seus arquivos. Se você guarda tudo isso na nuvem, coloque senhas e não confie em serviços gratuitos.
Use programas antivírus e antimalware e os mantenha atualizados.
Se você acha que algum hacker está usando seu computador remotamente, desconecte imediatamente da internet.
No caso de smartphones, não instale aplicativos que não venham de sites oficiais do seu sistema operacional. Mude suas credenciais para acessar os sites afetados.
Habilite a verificação em duas etapas para aumentar a segurança. Nunca use a mesma senha em serviços diferentes de internet e mude estas senhas sem usar dados pessoais e públicos.


Da Redação Blog Coisa Nossa Pernambuco
Com informações do UOL TECNOLOGIA


Publicar no Google Plus

O Blog Coisa Nossa Pernambuco

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: