O BLOG DA TERRA DA ROMARIA! São Joaquim do Monte-PE-

[SÉRIE VIOLÊNCIA] No tempo em que se podia ficar nas calçadas

Costume tradicional de São Joaquim do Monte foi roubado pelo medo




"Era muto bom antigamente. A gente ficava até tarde na calçada conversando. As crianças brincando e nós reunidos. Hoje, quem é doido? Até de tarde é perigoso! Se brincar levam até você, quanto mais um celular ou qualquer coisa que estiver com a gente"

O depoimento de um morador de São Joaquim do Monte, no Agreste de Pernambuco ilustra bem o sentimento geral que domina: medo. Essa é a palavra que não gostaria de estar na lista de coisas que não se pode fazer mais numa cidade que até um certo tempo era procurada por sua tranquilidade. Uma série de assaltos e furtos cometidos a qualquer hora do dia ou da noite vem trancando as pessoas dentro de suas casas, privando  até da simples convivência nas calçadas.

Uma passagem rápida no final da tarde e a noite pela cidade revela esse quadro: casas fechadas, poucas pessoas pelas ruas, geralmente concentradas em bares ou na praça central. Ninguém se aventura a ficar na calçada. Não se vê crianças brincando nas ruas. O império da violência retirou entre tantas liberdades, o de usufruir do clima ameno e das boas companhias. A carência de segurança pública, estampada pelo efetivo pequeno e ausência de outras ações em segurança pública, a exemplo de uma guarda municipal, câmeras de monitoramento são elementos que ampliam a ousadia dos bandidos.

Não é um problema apenas local, faz parte de um contexto geral de aumento da violência registrado em todo o Estado. No entanto, a situação, não pode servir de justificativa para que medidas sejam tomadas em nível local. Um caminho seria a instituição da guarda municipal e patrimonial, que em parceria com a Polícia Militar, poderiam devolver um pouco de tranquilidade aos cidadãos. Um modelo que tem sido adotado por cidades vizinhas e que vem dado certo.

"Eu vou em Camocim, por exemplo, e lá tem uma guarda municipal. Lá as coisas melhoram e muito depois que a guarda foi criada. As pessoas podem sair com mais tranquilidade de suas casas".

Outro cidadão da Terra da Romaria que confirma a atuação positiva de uma Guarda Municipal. Seria o começo para as pessoas voltarem às calçadas como antigamente, devolvendo o clima tranquilo e agradável para a cidade e voltando a atrair visitantes também por sua tranquilidade.

Central de Jornalismo  Blog Coisa Nossa
Série Especiais.

Publicar no Google Plus

O Blog Coisa Nossa Pernambuco

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: